03/12/2012








O POEMA
                                                       by Marisa Pompermaier

Foge do meu silêncio,
desarma a censura
corrói, me deleta,
o poema implaca.

                     se não falo em flor,
                     tampouco amor
                     poema também é dor...

                                          consomem-se palavras,
                                          alimento in natura,
                                          composição perfeita
                                          direita ou, esquerda,
                                           tanto faz.

Poema incompreeendido,
importa seja lido,
rasga as entranhas,
vem ao mundo.
Se faz valer
no seu absurdo.
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário