24/07/2012

 m a t i z e s


imagem: internet


                                                   by marisa pompermaier



 ando, sem compromisso,
é meu andar.
ninguém tem nada 
com isso.
diminuo a frequência, daí?
não importa a eloquência. 
se opto por neutralidade,
sinto muito,
é minha personalidade.
acelerar, correr,
toda forma que eu bem entender.
vou aonde quero
controlar-me, não tolero.
sigo em paz!
do jeito que sou.
apenas de braços dados
com meus versos,
nada mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário