26/07/2012

labirinto

imagem: fffound

 by Marisa Pompermaier

 sigo, acompanhando curvas e retas,
 desafiando arestas,
 já perdi a referência.
 autoconsciência de ir e vir,
 eterna constância.
 às vezes me perco,
 outras me acho, 
labirinto se fim. 
saio ou padeço?
 ponto de partida 
término de jornada, 
reconfiguro o caminho
 não encontro mais nada.
 persisto, insisto,
 tento buscar a saída.
 almejo não parar,
 etapas de sobrevida
 mapeando o céu interior,
 abrigo de luz e dor. 
um caminho livre,
 sem placas, curvas, segredos
 que me mostre a direção,
 apazigúe meu coração
 se transforme em canção,
 basta de solidão!

 labirinto... nunca mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário